Edital 2020 – Encerrado

  Povo da Terra, quem abrirá o próximo livro da Minna?

1. Apresentação

Sabe quando uma banda em início de carreira abre um show para uma banda famosa? Por que isso não acontece também nos livros?

Então vamos dar início a uma tradição fantástica (que pode ser livremente copiada): será escolhido um conto brasileiro para “abrir” o próximo livro da editora Minna!

2. Regras de participação

Estar em início de carreira, não ter publicado livros em grandes editoras (ex.: Companhia das Letras, Rocco, Arqueiro, Intrínseca, Sextante, Ediouro, Record etc.; não há problema com publicações de pequenas editoras ou autopublicados), ter menos de 50 mil seguidores nas redes sociais (Facebook e Instagram) e não ter matérias dedicadas publicadas em grandes mídias jornalísticas (G1, Terra, Galileu, Folha, CartaCapital). A ideia é exatamente abrir espaço para grandes talentos da literatura fantástica brasileira.

Obrigatório: o conto deve ser inédito (sem publicações anteriores, digitais ou impressas), de ficção científica com tema livre. Deve-se passar no Brasil. Preferências: amazofuturismo, steampunk, sertãopunk, solarpunk.

3. Submissão

Não serei muito rígida, mas deve ter até 10 páginas A5 (14×21, margens de 2cm, Times New Roman 12).

Os contos devem ser enviados para originais@minnaeditora.com.br com o assunto: Edital 2020 – Conto de abertura. No corpo do e-mail, deve constar: nome, biografia, sinopse do conto e redes sociais (Facebook e/ou Instagram).

4. Contrato e direitos autorais

Não será cobrado nenhum investimento e quem tiver o conto escolhido para esta publicação receberá R$ 100,00 (cem reais) de direitos autorais, mais 10% do faturamento líquido do livro após 300 (trezentos) exemplares vendidos e 15% do faturamento líquido do livro a partir de 1.000 (mil) exemplares vendidos.

Com a aprovação, será necessário assinar o contrato para publicação da obra.

5. Prazo de envio e resultado

Serão aceitos contos enviados até a data estelar 20110.1, ou 1 de novembro de 2020. O resultado será anunciado dia 06 de novembro de 2020. 

 

Vida longa e próspera!